barreira psicológica

Semana passada a Sotheby’s leiloou uma das quatro versões de O Grito, de Edvard Munch por incríveis 119 milhões de dólares. Não me estenderei aqui sobre o valor da arte no mundo de hoje porque está claro que o mercado de arte não tem lógica nenhuma. Mas foi interessante notar o que um representante da famosa casa de leilões disse ao referir-se ao valor alcançado: “o importante foi romper a barreira psicológica dos 100 milhões…”

Barreira psicológica? Engraçado que esse linguajar é bem corrente no mercado financeiro, o que por si só já não faz algum sentido. Mas enfim, eu mesmo estou tentando há mais de 1 mês romper a barreira psicológica dos 72 kg. Mas com a readequação que o nutricionista fez na minha dieta, agora consigo rompê-la. Veremos.

Em resumo, cada qual com a sua barreira psicológica…

Uma resposta to “barreira psicológica”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: