Tem que acontecer (Sérgio Sampaio)


Não fui eu nem Deus não foi você nem foi ninguém
Tudo o que se ganha nessa vida é pra perder
Tem que acontecer
Tem que ser assim
Nada permanece inalterado até o fim
Se ninguém tem culpa não se tem condenação
Se o que ficou do grande amor é solidão
Se um vai perder outro vai ganhar
É assim que eu vejo a vida e ninguém vai mudar

Eu daria tudo
Pra não ver você cansada
Pra não ver você calada
Pra não ver você chateada
Cara de desesperada
Mas não posso fazer nada
Não sou Deus nem sou Senhor

Eu daria tudo
Pra não ver você chumbada
Pra não ver você baleada
Pra não ver você arreada
A mulher abandonada
Mas não posso fazer nada
Eu sou um compositor popular

Ouça aqui a versão de Zeca Baleiro

Uma resposta to “Tem que acontecer (Sérgio Sampaio)”

  1. zé ninguém Says:

    Ah!…quantos álibis para tantos ardis…(parte II)

    basta ligar a tv, ler os jornais, ouvir uma canção…

    afinal tudo conspira contra o que eu respiro…

    mas ‘eu daria tudo’ prá não ver vc chumbada… – bela licença poética

    para ‘não quero fazer nada’; além do mais, eu nem sou daqui…

    reclamem com a poesia! – essa irresponsável sem coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: